icone-de-lupa
BUSCA
santa maria - literatura

Aluna do Colégio Santa Maria lança livro após participar de concurso internacional

Edição Guia escolas

A adolescente Rebeca Guimarães dos Santos, 17 anos, que cursa a 3ª série do Ensino Médio no Colégio Santa Maria, acaba de publicar o livro de poesias Na Irrealidade da Imaginação, fruto de um concurso internacional promovido pela Amazon e que contempla escritores com uma publicação gratuita, em formato impresso e digital.

É a primeira publicação da estudante, que começou a escrever textos poéticos sobre situações cotidianas e sobre o amor nas suas mais variadas perspectivas. “Quando criança, eu sempre pedia para minha mãe comprar livros. A ideia de escrever começou no Colégio Santa Maria, em uma aula de Língua Portuguesa em que a professora perguntava se os alunos acreditavam no amor. Fui a única que não levantei a mão. A partir daí, passei a colocar no papel todo o fluxo de pensamento, narrativas de tudo o que passava na minha cabeça”, explica.  Na Irrealidade da Imaginação é voltado ao público de 12 a 18 anos.

Filha de um vigilante e uma costureira, Rebeca conquistou uma bolsa para cursar o Ensino Médio no Colégio Santa Maria no programa oferecido anualmente pela instituição para alunos de escolas públicas. Abaixo, uma das poesias publicadas no livro:

A(mar)

Se apaixonou pelo mar
E teve certeza que sabia nadar
Mal sabia ela que tempestades
Iria enfrentar
E principalmente o risco de algum dia
Se afogar

Afogar em sentimentos
Dor, receios, anseios

Ao navegar no mar
Teve que aprender a nadar
Da correnteza se livrar
A ancora atirar
Aprendeu principalmente a parar

Em devaneios parava
Olhava ao céu e pensava
Se mar calmo nunca fez bom marinheiro
Porque não atiro minha âncora no estrangeiro
E me entrego por inteiro

E quem sabe assim eu não aprenda a nadar
Ou até mesmo me afogar
É melhor fracassar
E errar, do que jamais tentar
E não saber lidar e aprender a se expressar

São as palavras
Que vc joga em alto mar
E faz com que eu me entregue
E consiga nadar e me afogar nas águas do amar
O que vc pensa quando me olha?

Que…
Passei a contar os dias
Apreciar o cheiro
Sentir sua falta
O tempo passageiro
Fica muito mais lento com vc
Me sinto um querubim
Com asas pra voar
Consigo decolar

Mas ainda sim tenho medo
De me entregar
Tudo é tão mágico
Que parece mentira
Tenho medo que seja

Apesar de achar que isso seja passageiro
Queria passar o eterno
Em seu abraço
Morar em seus beijos
E não precisar me despedir
Pq cada vez mais é difícil de sair

Eu quero que dure,
Mais do que quero que o breve seja infinito
Quero que seja permanente
Mas não confio em mim
Vc foi o único que me pediu calma
E tenho medo que a pressa
Do tempo
Te tire de mim

Porque o que estou sentindo
Eu realmente nunca senti
E tenho medo do que possa vir

Pq não quero que seja infinito
Mas sim que sempre seja bonito
E que o breve não acabe
Pq o breve faz com que eu me despeça
E o infinito
Faz com que eu fique
Mas mesmo que tudo seja uma peça

Peço que não perca a cabeça
E nem que meça o amor que tenho
Pra te dar, porque isso
Sou incapaz que contar

Para saber mais sobre o Colégio Santa Maria, acesse http://bit.ly/2T5UAbk.

Publicação:

Sobre o autor

Vagner Apinhanesi

Jornalista na Editora Educacional.

Categorias

Mais lidos

  • Ausencia - celio

    Ausência nas aulas e justificativas: como a escola deve agir?

    Edição Guia Escolas
  • shutterstock_12780167(1200)

    Problemas de aprendizagem: Estudo revela que alunos acumulam defasagem durante o Ensino Fundamental

    Edição Guia Escolas
  • Habilidades

    O que é educação socioemocional?

    Edição Guia Escolas

MENSAGEM ENVIADA COM SUCESSO!

Agradecemos seu contato, responderemos em breve.

×