icone-de-lupa
BUSCA
objetivo - tor

Alunos do Colégio Objetivo participam de torneio interno de Robótica

Edição Guia escolas

Com a finalidade de proporcionar experiências inspiradoras, ensinar o valor do trabalho em equipe, desenvolver a capacidade de identificar problemas e prover soluções e, aos poucos, preparar os estudantes para crescer com consistência e segurança, foi realizado no dia 5 de outubro o Torneio Objetivo de Robótica (TOR), no campus Cidade Universitária da Unip, em São Paulo. A organização estrutural e pedagógica é da Viamaker Education, empresa líder do segmento nacional de robótica educacional.

“Nossa expertise com a realização de outros campeonatos de robótica permitiu cuidar da organização deste que é um tradicional evento do calendário da Rede Objetivo, e que este ano reunirá alunos de nove unidades”, detalha o CEO da Viamaker Education, Daniel Lorenti.

Por meio de uma proposta criativa e desafiadora, os participantes planejam, projetam, constroem e programam seus próprios robôs. No aspecto pedagógico, os alunos utilizam experiências e conhecimentos que aprendem em sala de aula para o TOR, como parte do projeto de ensino-aprendizagem que valoriza o trabalho em equipe, o pensamento crítico e a colaboração entre os alunos.

No total, participaram do Torneio Objetivo de Robótica 200 estudantes do Ensino Fundamental I e II, apoiados por 10 técnicos (os professores são os técnicos), divididos em 36 equipes (24 do Fundamental I e 12 do Fundamental II), de nove unidades da Rede Objetivo, além das unidades de Osasco (SP), Mogi das Cruzes (SP) e do Rumo Inicial de São Paulo (SP): Alphaville, Cantareira, Teodoro, Marquês, PAZ, Granja Viana, Luis Góes, Pinheiros e Paulista.

Desafios do TOR
No Torneio Objetivo de Robótica, cada segmento teve suas missões específicas, divididas em níveis relativos a faixa etária do Fundamental I e do Fundamental II. Para tornar o evento mais emocionante, como na edição anterior, foram dados desafios surpresas, baseados nos seguintes temas:

– Boomtown Build (Fundamental I) – inspirado no FIRST Lego League Jr., os competidores são incentivados a pensar em construir “uma cidade para acomodar todos os tipos de pessoas”, utilizando o WeDo2.0 da LEGO Education para criar a parte de programação de seu projeto.

– City Shaper (Fundamental II) – também utilizando o conjunto LEGO Education, os estudantes precisam pensar na construção de cidades inteligentes e cada vez melhores para suas comunidades.

Para saber mais sobre o Colégio Objetivo, acesse http://bit.ly/2XgIhY7, e sobre a Viamaker Eductation: www.viamaker.com.

Publicação:

Sobre o autor

Vagner Apinhanesi

Jornalista na Editora Educacional.

Categorias

Mais lidos

  • Ausencia - celio

    Ausência nas aulas e justificativas: como a escola deve agir?

    Edição Guia Escolas
  • shutterstock_12780167(1200)

    Problemas de aprendizagem: Estudo revela que alunos acumulam defasagem durante o Ensino Fundamental

    Edição Guia Escolas
  • Habilidades

    O que é educação socioemocional?

    Edição Guia Escolas

MENSAGEM ENVIADA COM SUCESSO!

Agradecemos seu contato, responderemos em breve.

×