icone-de-lupa
BUSCA
30_ruth_rocha

Colégio Rio Branco organiza Festival do Livro em Família

Edição Guia escolas

O Colégio Rio Branco recebeu, no dia 2 de setembro, durante o Festival do Livro em Família 2017, a renomada escritora infantil Ruth Rocha, que foi homenageada pelos 50 anos de sua carreira.

Entre as várias homenagens, Ruth Rocha esteve presente durante a contação da história O menino que quase virou cachorro – uma das obras da escritora, que foi interpretada por Marina Bastos. Ela também participou da inauguração da Biblioteca Infantil Ruth Rocha, no Colégio Rio Branco.

Além da presença da escritora, o Festival do Livro em Família ofereceu outras inúmeras atrações culturais e literárias, food trucks e muitas atividades para crianças, jovens e toda a família.

Outro importante destaque do evento foi a palestra Cem dias entre o céu e o mar, com a presença do escritor e navegador brasileiro Amir Klink, além da sessão de contação de histórias Jararaca sim, com muito orgulho, que aconteceu com a apresentação e manuseio de cobras vivas.

Durante a palestra Uma estrela na escuridão, o único sobrevivente brasileiro do Holocausto, Andor Stern, falou sobre as memórias que envolvem um dos piores genocídios da história. Para contemplar a cultura brasileira e a literatura de cordel, houve, ainda, apresentação do ator, humorista e cordelista Costa Senna e de Mari Barçalobre.

O Festival do Livro em Família 2017 é mais uma iniciativa da instituição para o fomento à cultura, ao saber e ao debate social.

Sobre Ruth Rocha
Nascida em 2 de março de 1931, em São Paulo, foi aluna no Colégio Rio Branco, onde desenvolveu o gosto pela leitura e literatura, posteriormente trabalhou na biblioteca da instituição e, entre 1957 e 1972, foi orientadora educacional do Colégio Rio Branco. Nessa época, começou a escrever sobre educação para a Revista Cláudia. A partir de 1973, trabalhou como editora e, em seguida, como coordenadora do departamento de publicações infanto-juvenis da editora.

Uma de suas principais obras, o livro Marcelo, Marmelo, Martelo, conta com mais de 70 edições e 27 milhões de exemplares vendidos, além de outros títulos de sucesso como O reizinho mandão, Nicolau tinha uma ideia, Dois idiotas sentados cada qual no seu barril e Uma história de rabos presos, entre muitos outros.

Seu estilo literário coloquial trata as crianças com respeito e inteligência. Nestes 50 anos dedicados à literatura, são mais de 200 publicações, traduzidas em 25 idiomas. Ruth Rocha é premiada pela Academia Brasileira de Letras, da Associação Paulista dos Críticos de Arte, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil; Prêmio Santista, da Fundação Bunge;  Prêmio de Cultura da Fundação Conrad Wessel, a Comenda da Ordem do Mérito Cultural e oito prêmios Jabuti, da Câmera Brasileira de Letras. Em 2008 foi eleita membro da Academia Paulista de Letras.

Para saber mais sobre o Colégio Rio Branco, acesse https://goo.gl/a2KqDN.

Publicação:

Sobre o autor

Vagner Apinhanesi

Jornalista na Editora Educacional.

Categorias

Mais lidos

  • shutterstock_12780167(1200)

    Problemas de aprendizagem: Estudo revela que alunos acumulam defasagem durante o Ensino Fundamental

    Edição Guia Escolas
  • Ausencia - celio

    Ausência nas aulas e justificativas: como a escola deve agir?

    Edição Guia Escolas
  • hwr - sustentabilidade

    Tradicional, Renovada, Freiriana, Montessori, Freinet, Piaget, Rudolf Steiner, Vigotsky? Edimara de Lima*

    Edição Guia Escolas

MENSAGEM ENVIADA COM SUCESSO!

Agradecemos seu contato, responderemos em breve.

×