icone-de-lupa
BUSCA
pio 12 - adaptação

Volta às aulas: como facilitar a adaptação escolar das crianças?

Edição Guia escolas

A primeira semana de aula desperta a ansiedade da garotada. Porém, quando o assunto é Educação Infantil, a expectativa e o receio parecem ser maiores, inclusive por parte dos pais. Paula Neves Fava Bon, orientadora educacional do Colégio Franciscano Pio XII, instituição de educação localizada no bairro do Morumbi, em São Paulo, reforça a importância de iniciar a adaptação escolar do filho no momento de visita à instituição e no dia da vivência, para que família e criança se sintam acolhidos e criem um vínculo sólido e de transparência com a instituição.

“Falamos aos pais, nos primeiros contatos, que boa parte da insegurança das crianças vem deles, por não conhecerem a nova dinâmica, profissionais e rotina. Se a escolha for ao encontro dos valores e que atendam ao desejo pedagógico que esperam, a adaptação escolar fica muito mais tranquila”, explica.

No colégio, por exemplo, a primeira semana tem uma programação para facilitar ao máximo o acolhimento dos pequenos. Com alunos desde os 2 anos de idade, o início das aulas conta com horários diferenciados, além dos pais poderem participar da adaptação ativamente, permanecendo nesse mesmo espaço, fortalecendo a segurança da criança. Segundo Paula, uma semana de adaptação costuma ser suficiente, mas é preciso respeitar o tempo de cada criança, sempre conversando com a família e também olhando e ouvindo esse aluno.

Para a orientadora, o mais importante na adaptação escolar é estabelecer uma relação de segurança com a criança e pais. “No Pio XII, eles podem ficar na escola na primeira semana, inclusive dentro da sala, se necessário. A criança fica tranquila quando pede pelos pais e os encontra, ao mesmo tempo em que eles podem acompanhar de perto todo o processo de adaptação”, salienta.

Paula explica que a melhor maneira de negociar com a criança é mantendo as promessas que são feitas. “A hora de ver os pais é sempre cumprida, mesmo quando a criança já está bem. Dessa forma, o aluno vê transparência nos adultos e aprende a confiar nos professores e na instituição”, comenta.

Para lidar com o novo espaço de uma maneira menos impactante, o Colégio procura trabalhar menos com a sala de aula e aproveitar ao máximo sua extensa área verde. “O passeio pela fazendinha e o contato direto com os animais, idas à horta, por exemplo, fazem parte da programação”.

Já na sala de aula, a palavra de ordem é a informalidade. “Nós trabalhamos bastante com música, o que ajuda na descontração das crianças, bem como as atividades lúdicas que incluem brinquedos, iPads, massa de modelar, bolinhas de sabão e uma série de outros recursos que não introduzam de cara a formalidade do papel”, afirma a orientadora educacional. “Todo esse processo pode ser acompanhado pela família por meio de nosso aplicativo, onde as professoras postam fotos em tempo real das atividades que as crianças estão fazendo. Isso tranquiliza e encanta”, diz Paula.

Mesmo com todos esses recursos, alguns pais costumam achar que o estranhamento das crianças acontece por serem muito novas para encarar a realidade escolar. Paula deixa claro que o melhor é iniciar esse processo desde cedo, mas é uma escolha da família, pois até os 3 anos não há obrigatoriedade.

“Caso escolham não colocar o filho desde pequeno, orientamos sobre a obrigatoriedade legal da entrada aos 4 anos na Educação Infantil, 2 anos antes da entrada no Fundamental, para que possa ter um contato pedagógico, uma sociabilização com colegas e professores, além de se acostumar com o ambiente escolar e sua rotina”, avisa a orientadora.

Por fim, é importante que os pais continuem acompanhando com afinco as atividades do filho, mesmo depois da adaptação à escola. O Colégio Pio XII investe no acompanhamento técnico e individual ao aluno. Além da professora, cada sala de aula conta com uma assistente, além das monitoras para auxiliar nos banheiros e na troca de fraldas. Além disso, a orientadora educacional, a coordenadora pedagógica e a assistente de coordenação estão sempre presentes para proporcionar o diálogo e o suporte para as famílias.

Para saber mais sobre o Colégio Franciscano Pio XII, acesse http://bit.ly/2TNDrCG.

Publicação:

Sobre o autor

Vagner Apinhanesi

Jornalista na Editora Educacional.

Categorias

Mais lidos

  • Ausencia - celio

    Ausência nas aulas e justificativas: como a escola deve agir?

    Edição Guia Escolas
  • shutterstock_12780167(1200)

    Problemas de aprendizagem: Estudo revela que alunos acumulam defasagem durante o Ensino Fundamental

    Edição Guia Escolas
  • Habilidades

    O que é educação socioemocional?

    Edição Guia Escolas

MENSAGEM ENVIADA COM SUCESSO!

Agradecemos seu contato, responderemos em breve.

×