icone-de-lupa
BUSCA
pueri domus - esportes

Pueri Domus estimula a prática de novas modalidades esportivas

Edição Guia escolas

É fato que a prática de atividades esportivas nas escolas é fundamental para o desenvolvimento de diversos aspectos nos alunos. Mas algumas instituições perceberam que havia a oportunidade – e, o mais importante, o crescente interesse – por modalidades não tão convencionais, principalmente as que são conhecidas por também trabalharem questões como autoconhecimento, autodisciplina e autoconfiança.

Foi o caso da escola bilíngue Pueri Domus, que incluiu na grade de atividades extracurriculares esportes como esgrima, boxe chinês e kung fu.

“Percebemos que havia um interesse dos nossos alunos por modalidades diferenciadas, que trabalham não só os aspectos físicos, mas também outras competências socioemocionais – é o caso do kung fu, que integra força, mente, corpo e espírito em uma filosofia que vem atraindo cada vez mais crianças e jovens. Não temos mais vagas nas aulas, tamanha a procura e a identificação com a prática”, afirma a coordenadora pedagógica e administrativa de parcerias e treinamentos esportivos da escola bilíngue Pueri Domus, Sandra Capozzi.

A esgrima é outra modalidade nova para muitos e que traz benefícios que vão além do preparo físico, como a capacidade de analisar situações e tomar decisões, respeito pelo adversário, raciocínio rápido e autonomia – valores que também contribuem para uma formação mais cidadã. Duas atletas já foram campeãs brasileiras de esgrima; quando um talento é detectado, o aluno é encaminhado para um clube para que possa prosseguir com a formação técnica.

Um outro exemplo é o boxe chinês, esporte ainda desconhecido por muitos, que trabalha os fundamentos do boxe mas sem a luta, ampliando a coordenação, mobilidade, articulação e condicionamento e trabalhando aspectos como disciplina e equilíbrio emocional.

“A mentalidade dos pais também está mudando: eles querem que os filhos descubram suas aptidões e preferências e se dediquem a um esporte com o qual se identifiquem; que tenham a oportunidade de vivenciar várias modalidades para escolher aquela que lhes dá prazer, satisfação, alegria e não mais, como no passado, quando desejavam que eles apenas fossem ótimos jogadores de futebol”, afirma Sandra.

Ela explica que no começo é normal que as crianças tenham alguma resistência a essas novas modalidades, mas por isso é tão importante que elas tenham a oportunidade de vivenciá-las. “O foco está no trabalho formativo e educativo, em promover uma vida mais saudável e ativa e na capacidade de vivenciar novos esportes, de desenvolver novas habilidades e de ampliar inclusive o repertório cultural dos alunos, que muitas vezes têm a possibilidade de participar de eventos esportivos nacionais e internacionais”, finaliza.

Para saber mais sobre o Pueri Domus – Escola Bilíngue, acesse https://goo.gl/N8pASy.

 

Publicação:

Sobre o autor

Vagner Apinhanesi

Jornalista na Editora Educacional.

Categorias

Mais lidos

  • shutterstock_12780167(1200)

    Problemas de aprendizagem: Estudo revela que alunos acumulam defasagem durante o Ensino Fundamental

    Edição Guia Escolas
  • Ausencia - celio

    Ausência nas aulas e justificativas: como a escola deve agir?

    Edição Guia Escolas
  • Tradicional, Renovada, Freiriana, Montessori, Freinet, Piaget, Rudolf Steiner, Vigotsky? Edimara de Lima*

    Edição Guia Escolas

MENSAGEM ENVIADA COM SUCESSO!

Agradecemos seu contato, responderemos em breve.

×